Camilo se manifesta sobre desafio de Bolsonaro e culpa Petrobras pelo preço dos combustíveis

Camilo se manifesta sobre desafio de Bolsonaro e culpa Petrobras pelo preço dos combustíveis

O governador Camilo Santana voltou a falar sobre a redução do ICMS dos combustíveis. Em seu Facebook, o petista reforçou a necessidade de diálogo com o Governo Federal e estados.

“Sou totalmente a favor de discutirmos a atual forma de cobrança e divisão de impostos no Brasil. Mas que a discussão seja séria e verdadeira. Inclusive sobre o valor dos combustíveis, que também considero alto, mas cujos preços são definidos pela Petrobras e não pelos estados, levando em conta o valor do dólar”, ressaltou em seu Facebook.

Ele também declarou que o tributo no Ceará não passou por mudanças em dez anos. “A alíquota do ICMS nos estados é praticamente a mesma nos últimos dez anos e o valor dos combustíveis cobrado ao consumidor quase dobrou nesse período. Isso não está correto”, pontuou.

Na sequência, complementou: “Repito: que se faça uma discussão com base em dados reais, sem factoides. Defendo um modelo de tributação que seja mais justo, principalmente para a população que ganha menos, e justa também para estados e municípios, que precisam atender diariamente as áreas prioritárias para a população, como a segurança pública, a saúde e a educação”.

Focus.jor