PMs envolvidos em crimes militares serão punidos e tirados da folha de pagamento, diz Governo

PMs envolvidos em crimes militares serão punidos e tirados da folha de pagamento, diz Governo

Todos os policiais envolvidos em atos que confirgurem crime militar terão Inquérito Policial Militar (IPM) instaurado de imediato pelos comandos, Processo Administrativo Disciplinar (PAD) instaurado pela CGD, além de sofrer todas as sanções previstas em lei e ser excluídos da folha de pagamento pela Secretaria de Planejamento. A informação foi divulgada na noite desta terça-feira (18) pelo Governo do Estado do Ceará. 

Ainda segundo o Governo, pelo menos 150 policiais já tiveram IPM instaurados. "Os comandos não irão tolerar atos de indisciplina e quebra de hierarquia", afirma a nota divulgada.

Três policiais foram presos por cercar uma viatura para secar pneus, na tarde desta terça-feira (18), no Bairro Antônio Bezerra, nas imediações do 18º Batalhão de Polícia Militar, em Fortaleza. Os três estavam armados e usando balaclavas, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).