Regras do Bolsa Família 2020: deixar de cumprir essas exigências pode cancelar o pagamento

Regras do Bolsa Família 2020: deixar de cumprir essas exigências pode cancelar o pagamento

Os beneficiários do programa devem cumprir algumas regras do Bolsa Família 2020 para que possam continuar recebendo o pagamento. As consequências para quem não cumpre com o combinado variam de bloqueio ao cancelamento dos depósitos.

A primeira exigência é a realização de revisão cadastral que garante ao governo o controle das famílias que participam do programa e da sua atual situação. Para isso, o sistema exige a atualização dos dados a cada dois anos pelo menos.

As famílias devem realizar qualquer tipo de alteração, quando há mudança de endereço, transferência das crianças de escola e entre outras. Todas essas devem ser comunicadas à prefeitura pelo responsável da família.

Essa atualização só pode ser realizada de forma presencial em um dos postos do Cadastro Único (Cadúnico) ou nas prefeituras das cidades dos beneficiários.

Além disso, entre as regras do Bolsa Família 2020, está a frequência escolar das crianças e adolescentes. As crianças entre 6 a 15 anos devem frequentar 85% das aulas e os jovens de 16 a 17 anos, devem ter frequência de 75%.

As famílias devem manter o calendário de vacinação das crianças menores de 7 anos em dia e fazer o acompanhamento de sua saúde. Caso haja gestantes, é necessário que ela realize o acompanhamento da gestação na rede pública.