Startup educacional de Santa Quitéria é aprovada na primeira fase do Centelha

Startup educacional de Santa Quitéria é aprovada na primeira fase do Centelha

Vinte e quatro startups apoiadas pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará (Secitece), através do programa Corredores Digitais, foram aprovadas na primeira fase do Centelha, programa que estimula a criação de empreendimentos inovadores e dissemina a cultura empreendedora no Ceará. O programa é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e no Ceará é executado pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap).

Em Santa Quitéria, o projeto Clube das Ciências é desenvolvido pela I7 Tecnologia e coordenado pela professora Ana Eliza Mesquita. As equipes que passarem por todo o cronograma do Centelha, que prevê ainda avaliações, interposições de recursos, serão contratadas para a fase de acompanhamento das startups. O programa oferece capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso.

“Para nós do programa Corredores Digitais, o Centelha funciona como uma grande parceiro na realização dos sonhos destes jovens empreendedores, muitos dos quais iniciaram sem uma ideia concreta do que queriam realizar, mas que hoje já têm toda uma bagagem de informação sobre diversas áreas (empreendedorismo, tecnologia, mercado) e estão prontos para uma nova etapa rumo à transformação da sociedade por meio dos seus negócios inovadores”, avalia Gabriela Purcaru, coordenadora de empreendedorismo e inovação da Secitece.