PUBLICIDADE

A fé foi mais forte: Romeiros viajam a pé até Juazeiro do Norte e encontram igrejas fechadas

Um grupo de 38 romeiros de União dos Palmares, Alagoas, chegou a pé em Juazeiro do Norte, na manhã desta sexta-feira (20), para participar dos festejos de 176 anos de nascimento do Padre Cícero. Após 15 dias de caminhada e 540 quilômetros percorridos, os fiéis se decepcionaram ao encontrar as igrejas de portas fechadas para conter o contágio pelo novo coronavírus.  

No dia da partida dos romeiros, que aconteceu no último dia 5, só havia um caso confirmado na região Nordeste, no estado da Bahia, enquanto em todo país eram apenas 16. Hoje, a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) confirmou 68 casos apenas no território cearense. 

Para não se aglomerarem, o grupo se dividiu em quartetos e quintetos e foram chegando aos poucos em Juazeiro do Norte. Ao ver as igrejas e o acesso ao Horto, onde está a estátua do Padre Cícero, fechados, os romeiros lamentaram. “Impacto muito grande. Eu vim pagar uma promessa que finalizaria no Horto, mas não pode ultrapassar as barreiras”, lamentou Diogo. “Mas meu ‘padrinho’ Cícero sabe das nossas dificuldades”, pondera.  

O próprio Diogo fez um pedido, no ano passado, para conseguir a casa própria para sua família. Após conseguir construir o imóvel, carregou um tijolo por 540 quilômetros para depositar no município cearense. “Graças ao Padre Cícero conseguimos terminar e vim pagar minha promessa”, comemorou. O grupo volta hoje a noite, em um carro de apoio.  

A Diocese de Crato cancelou a tradicional Missa de Morte do Padre Cícero, que acontece todo dia 20 de cada mês. A pandemia também cancelou a programação da Semana Padre Cícero, que aconteceria entre 20 a 24 de março, como também toda festividade do dia 24 de março, quando o sacerdote completa 176 anos de nascimento.

Diário do Nordeste
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget