Confira lista de cidades do Ceará que aguardam resultados dos testes de coronavírus; atraso de até 17 dias

Confira lista de cidades do Ceará que aguardam resultados dos testes de coronavírus; atraso de até 17 dias

O tempo de resposta sobre os casos suspeitos de coronavírus tem sido um dos gargalos no combate à doença no Ceará. O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) do Ceará, alega que a espera pelo resultado dos exames chega a ser de 17 dias. Moradores de 68 cidades aguardam resposta.

No Estado, segundo o boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), divulgado neste domingo (29), 1.840 exames estão em análise. Devido à demora, a Sesa estabeleceu prioridades na fila de espera: testes em pacientes internados com suspeita da doença; pessoas que precisam de transplantes; daqueles que vieram a óbito supostamente em decorrência do coronavírus; e profissionais da saúde e segurança.

Lista
  1. Acaraú: 10 dias
  2. Antonina: 8 dias
  3. Aracati: 15 dias
  4. Barbalha: 15 dias
  5. Campos Sales: 11 dias
  6. Guaramiranga: 3 dias
  7. Guaiúba: 9 dias
  8. Ibiapina: 12 dias
  9. Ipaporanga: 9 dias
  10. Jaguaretama: 7 dias
  11. Jati: 8 dias
  12. Lavras da Mangabeira: 11 dias
  13. Martinópole: 8 dias
  14. Milagres: 9 dias
  15. Mons. Tabosa: 11 dias
  16. Morada Nova: 8 dias
  17. Mulungu: 3 dias
  18. Pacoti: 3 dias
  19. Pindoretama: 12 dias
  20. Potengi: 11 dias
  21. Quixadá: 17 dias
  22. Quixelô: 5 dias
  23. Redenção: 5 dias
  24. Russas: 11 dias
  25. Salitre: 13 dias
  26. Sobral: 13 dias
  27. Tamboril: 6 dias
  28. Umari: 11 dias
  29. Várzea Alegre: 10 dias
  30. Solonópole: 9 dias
  31. Viçosa do Ceará: 11 dias
  32. Itarema : 9 dias
  33. Meruoca: 8 dias
  34. Catarina: 7 dias
  35. Paraipaba: 14 dias
  36. Limoeiro: 10 dias
  37. Itaiçaba: 10 dias
  38. Tabuleiro norte: 9 dias
  39. Ipueiras: 7 dias
  40. Farias Brito: 6 dias
  41. Araripe: 7 dias
  42. Jaguaribara: 3 dias
  43. Graça: 7 dias
  44. Santana do Cariri: 4 dias
  45. Jaguaruana: 3 dias
  46. Pereiro: 4 dias
  47. Jaguaribe: 8 dias
  48. Tianguá: 12 dias
  49. Tururu: 8 dias
  50. Orós: 7 dias
  51. Potiretama: 5 dias
  52. Crateús: 10 dias
  53. Banabuiú: 9 dias
  54. Iguatu: 9 dias
  55. Palmácia: 5 dias
  56. Aurora: 9 dias
  57. Jijoca de Jericoacoara: 15 dias
  58. Maracanaú: 10 dias
  59. Apuiarés: 8 dias
  60. Cedro : 9 dias
  61. Uruburetama : 9 dias
  62. Cariré: 5 dias
  63. Aiuaba: 7 dias
  64. Palhano: 4 dias
  65. Itapajé: 8 dias
  66. Canindé: 11 dias
  67. Cascavel: 12 dias
  68. Mombaça: 9 dias
A presidente do Cosems, Sayonara Cidade, ressalta que essa demora é uma "dificuldade generalizada. O interior inteiro está sem resposta" e explica que os municípios receberam kits e fazem a coleta para os testes moleculares, chamado RC-PCR (reação em cadeia da polimerase em tempo real). A análise é feita a partir de amostra de secreção nasofaríngeo coletada por uma espécie de cotonete pelo nariz ou pela boca.

G1 CE