PUBLICIDADE

Governadores do Nordeste decidem manter medidas e enfrentam Bolsonaro

O governador Camilo Santana (PT) e os outros oito governadores do Nordeste divulgaram carta na tarde desta quarta-feira, 25 contestando a declaração dada em pronunciamento pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os mandatários se disseram “frustrados” com o “posicionamento agressivo” de Bolsonaro e cobraram "responsabilidade e serenidade" para achar soluções para o País. Eles disseram que manterão a política contra o novo coronavírus, a Covid-19.

"A decisão prioritária é a de cuidar das vida das pessoas, não esquecendo da responsabilidade de administrar a economia dos estados. É um momento de união, de se esquecer diferenças políticas e partidárias. Acirramentos só farão prejudicar a gestão da crise", afirma o documento.

Os governadores ainda cobraram do Executivo federal que seja estabelecida uma solução para os trabalhadores informais e autônomos. Para eles, é preciso uma coordenação e cooperação nacional para proteger empregos e a sobrevivência dos mais pobres.

A adoção de medidas de restrição de circulação, como o decreto estadual do governador Camilo Santana, devem continuar vigentes, segundo o documento.

O POVO Online
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget