Governo do Ceará decreta estado de emergência e suspende aulas por 15 dias

Governo do Ceará decreta estado de emergência e suspende aulas por 15 dias

O governador Camilo Santana anunciou na tarde desta segunda-feira (16) que o Ceará entra em estado de emegência em saúde pública para combater o novo coronavírus. Essa e outras medidas vão ser objeto de um decreto estadual a ser publicado ainda nesta segunda. O secretário da Saúde do Ceará, Carlos Alberto Martins, é o coordenador das ações. 



Decisões anunciadas
  • Suspensão de aulas e atividades em escolas e universidades públicas (o mesmo é recomendado para escolas privadas) a partir de quarta-feira (18) por 15 dias;
  • Suspensão de visitas a unidades prisionais;
  • Suspensão de férias de servidores públicos da saúde;
  • Obrigatoriedade de higienização, pelo menos uma vez ao dia, do transporte público;
  • Suspensão de eventos públicos que devam reunir mais de 100 pessoas;
  • Ofício para Anac e Anvisa solicitando a suspensão de voos internacionais para o Ceará.