Após janela, PSD dobra número de prefeitos no Ceará; MDB reduz tamanho

Após janela, PSD dobra número de prefeitos no Ceará; MDB reduz tamanho

O fim da janela partidária consolidou um novo quadro político no Ceará. Nele, o PSD surge como segunda força partidária. A legenda do ex-vice-governador Domingos Filho dobrou o número de prefeitos filiados: foi de 18 para 36.

No panorama do Estado, a sigla fica atrás apenas do PDT, que elegeu 50 candidatos a prefeituras em 2016 e agora detém 62. O PT passou de 13 para 14, enquanto o PSDB desidratou de dez para seis.

Mas é o MDB o partido que mais perdeu gestores filiados: de 35 emplacados nas últimas disputas municipais, a agremiação comandada pelo ex-senador Eunício Oliveira conta atualmente com 22.

Durante o período da janela, vereadores e prefeitos tinham oportunidade de migrar de partido sem risco de perda do mandato. O prazo para alteração de domicílio terminou no dia 3 de abril.

O partido com o terceiro maior número de candidatos a chefe de Executivo no Ceará é o PT, com 58 nomes consolidados, conforme dados levantados pela própria sigla.

O POVO Online