Assembleia Legislativa aceita pedido de impeachment de governador do Amazonas

Assembleia Legislativa aceita pedido de impeachment de governador do Amazonas

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Josué Neto (PRTB), aprovou nesta quinta-feira, 30, a abertura do processo de impeachment do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e do vice-governador, Carlos Almeida (PTB). Com o sistema de saúde colapsado devido à covid-19, o Amazonas pode ser o primeiro Estado do País a ter um governador afastado do cargo durante a pandemia mundial.

O governador Wilson Lima se pronunciou sobre o pedido, por meio de nota, afirmando que o momento é "inoportuno" e que a decisão "está contaminada por questões eleitorais".

O documento foi protocolado na Aleam pelo Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam) na última terça-feira, 21. O presidente da entidade, Dr. Mário Viana, afirmou que o pedido estava baseado na "negligência e omissão do Estado" em relação à saúde, incluindo a responsabilidade pelas mortes de cidadãos e profissionais que atuam no combate ao novo coronavírus.

Estadão Conteúdo