CBF troca informações com clubes e ligas da Europa para concluir protocolo que libera treinamentos

CBF troca informações com clubes e ligas da Europa para concluir protocolo que libera treinamentos

A duas semanas para o fim das férias dadas aos jogadores devido a pandemia do coronavírus, a CBF ainda não apresentou aos clubes um protocolo para a retomada dos treinamentos. A entidade montou uma comissão de médicos infectologistas e observa o que vem sendo feito na Europa para tentar liberar as atividades nas sedes dos clubes o quanto antes.

O presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio, disse que a CBF trabalha no protocolo há algum tempo, mas destacou a necessidade de adaptação a cada Estado.

“A CBF está, desde semana passada, conversando e reunindo-se com órgãos deliberativos e executivos que fazem o futebol, no estudo da aplicação do protocolo médico e de segurança. Existe a necessidade de organização e preparação em cada Estado. O Brasil é grande demais, não acredito que seja feito rapidamente”, disse Carmélio.

O dirigente ressalta, no entanto, que tudo será feito com responsabilidade e seguindo as orientações do Ministério da Saúde. É o que afirma também o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz. Ele garantiu que não existe previsão para o retorno dos treinos e cravou: “CBF só vai autorizar jogo quando a autoridade de saúde autorizar, mesmo com portões fechados”.

Sobre o protocolo, Paz disse que nenhum clube recebeu nenhuma orientação ainda, mas sabe-se que a CBF busca conversar com clubes e ligas da Europa que já fizeram seus protocolos. “Estão compartilhando informações para saber como o Bayern (de Munique) está fazendo, como a La Liga pretende fazer. É um protocolo nacional, mas não chegou para os clubes ainda”, disse.

A CBF até já tinha um protocolo inicial para mostrar aos clubes decidiu adiar a apresentação devido a troca de comando no Ministério da Saúde. A ideia é conversar antes com o novo ministro, Nelson Teich. Uma reunião deve ser marcada nos próximos dias.

O Povo Online