Ceará compra 200 kits de alta precisão para testar Covid-19 em jogadores e funcionários

Ceará compra 200 kits de alta precisão para testar Covid-19 em jogadores e funcionários

Já visando um possível retorno às atividades no mês de maio, o Ceará tem procurado formas de viabilizar as melhores condições a atletas e funcionários para que tudo ocorra com segurança. Uma destas medidas é a aquisição de testes para coronavírus. O Alvinegro adquiriu 200 kits para testagem de jogadores e funcionários.

A informação foi confirmada ao Diário do Nordeste pelo presidente do clube, Robinson de Castro. O Alvinegro adquiriu dois tipos de testes: PCR e IgG/IgM. Foram 100 de cada.

O PCR é o método mais sensível para o diagnóstico viral (antes do início dos sintomas) que permite identificar o vírus a partir da incubação, desde os primeiros dias de infecção.

Já o outro tipo de teste é o que detecta a presença de IgG/IgM, que são os anticorpos contra o vírus, possibilitando a classificação do nível de infecção ou imunização dos pacientes. Ele é adequado para pacientes que apresentaram testes de PCR negativos para coronavírus e apresentam sintomas persistentes por mais de 10 dias.

Este é o chamado "teste rápido", que produz resultados mais rápidos que permitem maior agilidade nas tomadas de decisões.

Os dois métodos são considerados de alta precisão. A expectativa da diretoria alvinegra é que os kits cheguem na segunda quinzena de maio.

O Ceará fez a aquisição dos kits por iniciativa própria e tem a intenção de realizar testes em todos os jogadores do elenco.