Ceará vai estabelecer protocolo para uso da hidroxicloroquina no estágio inicial da Covid-19 | A Voz de Santa Quitéria
PUBLICIDADE

Ceará vai estabelecer protocolo para uso da hidroxicloroquina no estágio inicial da Covid-19

A Secretária de Saúde do Ceará vai formalizar o uso da hidroxicloroquina em conjunto com a azitromicina e o zinco (se disponível) no combate ao coronavírus. Na prática, o coquetel já vinha sendo prescrito no cotidiano dos tratamentos em diversos hospitais do Estado. A diferença agora é que o tratamento será formalizado em protocolo e, de preferência, para ser ministrado logo na identificação certeira dos primeiros sintomas do Covid-19.

A Secretaria quer que a estrutura de hospitais públicos e privados, UPAs e até o serviço on line exclusivo para a Covid-19 sejam capazes de identificar o mais rápido possível os primeiros sintomas que possam evidenciar o contágio por coronavírus. A partir disso, se estabelece uma série de procedimentos clínicos. Entre eles, pode ser o coquetel com a hidroxicloroquina.

A meta é fazer com que os primeiros sintomas não evoluam para as perigosas infecções pulmonares. Nesse sentido, o coquetel da hidroxicloroquina mais a azitromicina parece exercer papel eficaz. Antes, a indicação era ministrar o coquetel somente em casos graves, mas a prática está dizendo que quanto mais cedo, preferencialmente até o terceiro dia de sintomas, melhor é a resposta ao tratamento. Na fase mais grave, o coquetel produz efeitos pouco eficazes.

Focus.jor
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget