Confirmada a morte de primeiro médico por coronavírus no Ceará

Confirmada a morte de primeiro médico por coronavírus no Ceará

Na tarde desta quinta-feira, 2, foi confirmada a morte do primeiro médico em decorrência da Covid-19 no Ceará. Hermes Roberto Radtke, trabalhava como radiologista em Fortaleza e estava internado no Otoclínica.

O óbito foi confirmado pelo Sindicato dos Médicos do Ceará. Segundo a assessoria do sindicado, a morte foi causada por "encefalite viral, causada pelo coronavírus".

O número de mortes causadas por coronavírus no Ceará chegou a 20. Os casos somam 550. Foram 105 novos casos no Estado contabilizados pelo Ministério da Saúde. É o maior crescimento de ocorrências confirmadas em um único dia.

O POVO Online