"É ter muita fé na mediocridade crer em Bolsonaro em 2022", diz Alvaro Dias

"É ter muita fé na mediocridade crer em Bolsonaro em 2022", diz Alvaro Dias

O líder do Podemos no Senado e ex-candidato à Presidência da República em 2018, Alvaro Dias (PR), elevou o tom das críticas em relação ao presidente Jair Bolsonaro, após a demissão do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro.

O ex-governador do Paraná disse que crer numa candidatura de Bolsonaro à presidência em 2022 "é ter muita fé na mediocridade". "Não é possível que o país aceite tamanha mediocridade repetida, liberada", declarou o senador ao UOL.

A afirmação foi feita após Dias ser questionado sobre as chances de Moro numa eventual corrida à presidência contra Jair Bolsonaro. "Mas aí você está subestimando Moro agora", defendeu.

Segundo Dias, entre os candidatos que se apresentaram, Moro sairia à frente "em razão do patrimônio que adquiriu por ter prestado serviços notáveis ao país".

UOL