Grupo de amigos arrecada 10 toneladas de alimentos para 14 periferias de Fortaleza

Grupo de amigos arrecada 10 toneladas de alimentos para 14 periferias de Fortaleza

Um grupo formado por alunos de uma academia de crossfit na Aldeota já arrecadou mil cestas básicas, num total de 10 toneladas de alimentos, para distribuir nas ruas e casas de 14 periferias de Fortaleza durante o período de isolamento social indicado para conter avanços do coronavírus no Estado. 

Segundo um dos líderes da ação, Jerônimo Azevedo, a ideia surgiu no sábado (28) entre quatro amigos que praticavam "kickboxing" e foi crescendo com o apoio de outras pessoas. "A ideia inicial era fazer 100 cestas básicas, mas quando foi na sexta-feira (3), a gente já tinha arrecadado 10 toneladas de alimentos com a ajuda dos amigos”.

Entre as 14 periferias beneficiadas pela ação estão Vila do Mar, Goiabeiras, Genibaú, Serviluz, Ancuri e Pirambu. “Entregamos nas [comunidades] mais carentes, nas mãos de cada um, sem aglomerações. Vamos nas casas de quem mais precisa, além das pessoas em situação de rua. Contamos com a ajuda de líderes e moradores dessas comunidades, para chegar a quem precisa de fato”, relata Jerônimo.

Aberto para colaboração 
O ponto de arrecadação física é em uma academia de crossfit, localizada no bairro Aldeota. “A maioria dos voluntários treina lá. Nós conseguimos a academia para a arrecadação, funciona como estoque”, diz. Além das doações na academia, Jerônimo se dispõe também a receber ajuda por transferência bancária. “Mostramos total transparência com nota fiscal da compra dos alimentos”.

Endereço para doações:
Rua Maria Tomásia, 1267, Aldeota
De segunda a sexta-feira, de 8h30 ao meio dia

Para o organizador, o sentimento que fica, depois de um dia de ação, é de gratidão. “Acredito que estamos em uma missão. Tem gente morrendo de fome de verdade e vamos tentar ajudar o máximo possível”.

Diário do Nordeste