A pedido de Bolsonaro, Pazuello deve liberar cloroquina a todos os pacientes com coronavírus | A Voz de Santa Quitéria
PUBLICIDADE

A pedido de Bolsonaro, Pazuello deve liberar cloroquina a todos os pacientes com coronavírus

O general Eduardo Pazuello, que era secretário-executivo do Ministério da Saúde (MS) e passou a ser chefe interino da Pasta após a exoneração de Nelson Teich nesta sexta-feira, 15, deve assinar decreto que libera o uso da cloroquina em todos os pacientes com coronavírus. Medida é defendida pelo presidente Jair Bolsonaro e foi recusada pelo agora ex-ministro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Atualmente, a orientação do MS é de prescrição do medicamento apenas para pacientes com sintomas mais graves da Covid-19. Se liberado, novo protocolo servirá até mesmo para pessoas com sintomas leves.

O decreto deverá basear-se em resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM), que publicou ofício dando liberdade, mas não recomendando ou obrigando profissionais de saúde a administrar remédios baseados na cloroquina em pacientes de qualquer sintomatologia. A hidroxicloroquina, por exemplo, pode levar a efeitos colaterais como parada cardíaca.

A autarquia declarou que para chegar à decisão houve uma extensa literatura científica, e que, mesmo sem evidências concretas de que os medicamentos atuem no combate ao coronavírus, o uso se torna possível devido ao período de pandemia.

Nos últimos dias, o presidente e Teich tiveram desentendimentos sobre o uso da cloroquina no tratamento da Covid-19. Bolsonaro quer alterar o protocolo do SUS e permitir a aplicação do remédio desde o início do tratamento.
Tags
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget