Bolsonaro: “Quem é de direita toma cloroquina, quem é de esquerda, tubaína”

Bolsonaro: “Quem é de direita toma cloroquina, quem é de esquerda, tubaína”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender nesta terça-feira (19/05) o uso da cloroquina por pacientes que apresentarem sintomas do novo coronavírus.

Em entrevista ao Blog do Magno, feita em uma rede social, Bolsonaro disse que “toma [a substância] quem quiser”.

“Pode ser que lá na frente digam que foi placebo. Mas pode ser que digam que curava. Na minha consciência, não vai ter isso. Toma quem quiser. Quem não quiser, não toma. Quem for de direita toma cloroquina, quem for de esquerda toma tubaína”, ironizou o presidente.

Na mesma entrevista, Bolsonaro anunciou que o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, vai assinar um novo protocolo sobre a substância nesta quarta-feira (20/05).

Metrópoles