Casal é executado em Varjota; suspeita é de crime passional

Casal é executado em Varjota; suspeita é de crime passional

Um casal foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (14), em frente a uma residência na avenida Presidente Castelo Branco, bairro do Acampamento, em Varjota.

Joaquim de Brito Farias, 31 e Francisca Gizele Ribeiro de Castro, 23, estavam na calçada, quando foram surpreendidos por uma dupla armada, que já chegou efetuando os disparos. A mulher logo veio a óbito e o seu companheiro tentou fugir, porém foi alcançado pelos criminosos e morto do outro lado da rua.

Após as execuções, a dupla fugiu, tomando rumo ignorado. O crime foi presenciado por vários populares, no entanto temendo represálias, preferiram não dar mais detalhes.

A Polícia Militar esteve no local, atendendo a ocorrência e está em diligências para tentar localizar e capturar os atiradores. Os corpos foram removidos para o núcleo da Perícia Forense, em Sobral.

Até o momento, a motivação do crime é desconhecida. Uma das linhas de investigação considerada pela Polícia é a de crime passional, uma vez que Gizele estaria em um novo relacionamento com o seu companheiro que fora executado.