Coronavírus deixa mais de 250 mil mortos no mundo, com previsão de aumento nos próximos meses

Coronavírus deixa mais de 250 mil mortos no mundo, com previsão de aumento nos próximos meses

O novo coronavírus causou 250.203 óbitos no mundo inteiro, sendo 145.023 deles apenas na Europa, o continente mais afetado pela pandemia, com 1.572.178 casos. Este número representa quase metade do total de infectados no planeta (3.570.093).

Apesar disso, é no continente americano que está o país com mais mortes pelo vírus: os Estados Unidos lideram a lista, com 68.689 vítimas fatais. Segundo projeções do Institute for Health Metrics and Evaluation (IHME), provavelmente, a nação vai superar a marca de 100.000 óbitos.

O Brasil não fica de fora das previsões negativas: pesquisa da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, em parceria com algumas instituições brasileiras, como a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, mostra que o País caminha para se tornar o novo epicentro da pandemia no mundo. Ainda no último dia 26, a taxa de contágio brasileira era de 2,8, a maior entre 48 países. Isso quer dizer que um infectado propaga o vírus para quase três pessoas.

Além disso, o número de mortos por covid-19 no Brasil, de 7.321, ultrapassou os do Irã, da Alemanha e da China - nação com 1,4 bilhão de habitantes.

AFP