Monsenhor Tabosa implanta toque de recolher e suspende entrada de pessoas na cidade

Monsenhor Tabosa implanta toque de recolher e suspende entrada de pessoas na cidade

Após receber relatório técnico da equipe da Secretaria de Saúde que faz o monitoramento dos casos de coronavírus no município, o prefeito de Monsenhor Tabosa, Jeová Madeiro, anunciou nesta segunda-feira (11) que medidas mais duras serão implantadas para frear o avanço da doença.

Até a divulgação do ultimo boletim epidemiológico, dia 9 de maio, o município havia confirmado 21 casos da Covid-19, sendo 2 curados e 2 óbitos.

A primeira medida anunciada pelo prefeito foi um toque de recolher na cidade. Jeová disse que a medida entra em vigor nessa terça-feira (12), devendo está aberto a partir das 21 horas, apenas farmácias e serviços de delivery, os demais serviços ficam suspensos.

Outra medida anunciada pelo prefeito foi a não aceitação de pessoas vindas de outros estados e municípios para a cidade de Monsenhor Tabosa por um período de 20 dias. “A ideia é que possamos cuidar e curar primeiro as pessoas doentes que já estão aqui, visto que a maioria das pessoas que estão doentes em nosso município veio de fora”, destacou.

A terceira medida anunciada é a implantação de três barreiras sanitárias, além de uma que já existe na CE 265, serão montadas mais duas para regulamentar a entrada na cidade de pessoas vindas do interior.

Página Aberta