Santa Quitéria fica fora da lista e não receberá respiradores do Estado para tratar pacientes com Covid-19

Santa Quitéria fica fora da lista e não receberá respiradores do Estado para tratar pacientes com Covid-19

O município de Santa Quitéria ficou fora da lista para a distribuição de 200 novos respiradores adquiridos pelo Governo do Estado para o enfrentamento ao novo coronavírus. Já são 157 casos confirmados e seis óbitos, conforme último boletim divulgado ontem (24).

A distribuição dos equipamentos foi feita de acordo com o planejamento da Secretaria da Saúde, que avalia diariamente a situação da pandemia no Estado.  "Os respiradores são para garantir a ventilação mecânica nos casos mais graves da doença, e antes do envio foi avaliado a necessidade do equipamento a partir da situação epidemiológica de cada município", disse o governador Camilo Santana, no último sábado (23).

Os quiterienses terão que dividir com outros 23 municípios, incluindo Sobral, os 30 novos respiradores enviados para o Hospital Regional Norte e o novo Hospital de Campanha.

Pentecoste (região do Vale do Curu), com menos habitantes - 35 mil - e menos casos - 126 - do que Santa Quitéria, foi contemplado com um.

Há expectativa para, até o início de junho, mais 300 chegarem no Ceará, do modelo VG70, um dos mais modernos e robustos do mundo, comprados da China.

Município não tem como comprar
Em entrevista à rádio Itataia AM na semana passada, o prefeito Tomás Figueiredo afirmou que não tinha condições do município adquirir um respirador, com recursos próprios. “Não é só o respirador. Eu tenho que instalar oxigênio, ter outros equipamentos, ter profissional. O problema hoje é um profissional intensivista”, relatou.