Camilo avança flexibilização em Fortaleza e impõe rigor em Sobral e região Norte

Camilo avança flexibilização em Fortaleza e impõe rigor em Sobral e região Norte

Devido avaliação positiva da redução dos indicadores de coronavírus, o governador Camilo Santana (PT) confirmou o início da fase 1 do plano de retomada da economia no Ceará em Fortaleza a partir da próxima segunda-feira, 8. Além do avanço na reabertura, foi anunciada a prorrogação do decreto de isolamento social por mais sete dias em todo o Estado também a partir de segunda-feira. Sobral, Acaraú, Camocim e Itarema, municípios da Região Norte, terão o atual lockdown renovado. Medidas mais restritivas na mesma região serão recomendadas no novo decreto. 

A primeira fase do plano que é formado por quatro estágios só começa na Capital. Para o resto dos municípios cearenses, permanece a fase de transição. Após o fim da nova prorrogação do decreto de isolamento, a situação será reavaliada. Anúncio foi feito por meio de live no início da tarde deste sábado, 6, junto ao prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Na etapa que começa segunda-feira na Capital, ficam autorizados a retomar atividades 18 setores da economia, incluindo parte da indústria, construção civil e algumas cadeias do comércio. Medida semelhante já estava em vigor desde 1º de junho, mas ainda em fase de testes. O governador destaca, no entanto, que o Estado segue em isolamento social, sendo proibidas aglomerações em praias, calçadões e praças.

“Reforço que o avanço dessa retomada depende muito do comportamento das empresas, mantendo os protocolos de funcionamento, de higienização. Depende também das pessoas, que só saiam em extrema necessidade, continuando proibidas aglomerações e com uso obrigatório de máscara em todo o Estado”, diz Camilo. O prefeito Roberto Cláudio também reforça o pedido: “Essa 1ª fase não significa um “libera geral”, muito pelo contrário. A gente continua em isolamento social”.

Região Norte terá lockdown
Camilo Santana destaca que houve “melhoria significativa” nos indicadores da Capital para o novo coronavírus, mas que há preocupação sobre crescimento de casos no Interior, sobretudo na Região Norte do Estado. “Por isso, vamos manter isolamento radical em municípios como Sobral, Acaraú, Camocim e Itarema, inclusive recomendando aos municípios da microrregião dessas quatro cidades que também tomem ações restritivas”.

O POVO Online