Cidadãos com direito ao auxílio emergencial são vítimas de golpes em Santa Quitéria

Cidadãos com direito ao auxílio emergencial são vítimas de golpes em Santa Quitéria

A cada dia, aumenta o número de pessoas lesadas e que tiveram o dinheiro do auxílio emergencial sacado por outras pessoas no município de Santa Quitéria. As vítimas são geralmente pessoas de baixa renda, humildes de pouca escolaridade e conhecimento e que aproveitadores se apossam de seus benefícios.

Nesta semana, pelo menos, cinco pessoas procuraram a Delegacia de Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência. Os relatos se assemelham: enganadores acabam tendo acesso ao nome completo e CPF do cidadão e diante desses dados, solicita o acesso para sacar a quantia. Quando o verdadeiro beneficiário chega ao banco ou lotérica para retirar, o saldo está zerado.

A orientação é para que, assim que o auxílio for depositado, seja transferido imediatamente para uma conta própria e não se apoiar em desconhecidos e intermediários. Caso venha a ser vítima de estelionato, deve-se procurar à Delegacia para registrar a ocorrência e depois disso, buscar a Caixa para solicitar o bloqueio do auxílio e evitar que o transtorno volte a acontecer.

O crime tem penalidade garantida pelo art. 171 do Código Penal Brasileiro, que trata de estelionato como “obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento”.