Cidade é invadida por milhares de macacos, e autoridades tentam recuperar o controle

Cidade é invadida por milhares de macacos, e autoridades tentam recuperar o controle


Em Lopburi, na Tailândia, milhares de macacos em liberdade, atração de turistas hoje inexistentes, estão fora de controle, forçando as autoridades a agir. Os habitantes estão refugiados em suas casas e há territórios proibidos para seres humanos. 

"Vivemos em uma gaiola e os macacos vivem em liberdade", suspira Kuljira, forçada a cobrir a parte de trás de sua casa com uma cerca impressionante.

"Os excrementos estão por toda parte, o cheiro é insuportável, especialmente quando chove", acrescenta a mulher, antes de abrir sua pequena loja no centro da cidade de Lopburi, localizada 150 km ao norte de Bangcoc.

Um pouco mais longe, Taweesak, outro comerciante, instalou tigres e crocodilos empalhados para tentar assustar os macacos e não hesita em usar uma bengala para afugentá-los quando se aproximarem de sua pequena loja. 

Em três anos, sua população dobrou e 6 mil macacos convivem hoje com 27 mil humanos na cidade. Expulsos de seu habitat natural e confinados em um primeiro momento ao redor de um templo da cidade, com o passar do tempo, os animais invadiram as ruas, apropriaram-se de edifícios e obrigaram os comércios a fechar as portas.

AFP