CNM vê risco à saúde de candidatos e eleitores com eleições municipais em 2020

CNM vê risco à saúde de candidatos e eleitores com eleições municipais em 2020


O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, alertou que, com a manutenção das eleições municipais para 2020, eleitores e candidatos correrão risco de contrair a Covid-19 diante das aglomerações que podem marcar a campanha para escolha dos novos vereadores e prefeitos.

Glademir disse que, com base nos depoimentos das autoridades sanitárias, que o Brasil não tem condições e econômicas e de saúde para eleger vereadores e prefeitos em novembro ou dezembro. Ele questionou quem vai se responsabilizar pelos problemas de saúde que podem se agravar com a movimentação de candidatos e eleitores.

O presidente alertou ainda, que, 1.330 prefeitos e 7.000 vereadores, com mais de 60 anos de idade, estarão expostos, ao longo da campanha, à infecção pelo coronavírus e, em seu entender, essa ameaça fere o processo democrático por não permitir condições iguais para todos os postulantes aos Poderes Executivo e Legislativo Municipais. Entre os 1.330 prefeitos com mais de 60 anos de idade, 1.040 poderão concorrer à reeleição.