Correios começam a cadastrar 14 milhões de brasileiros sem o auxílio emergencial

Correios começam a cadastrar 14 milhões de brasileiros sem o auxílio emergencial


A partir desta segunda-feira (08), as agências dos Correios de todo o país começam a fazer o cadastramento das pessoas interessadas em receber o auxílio emergencial de R$ 600. Importante lembrar que as agências farão apenas o cadastro de quem não tem como realizar o procedimento. O atendimento acontecerá das 8h às 16h. Os servidores dos Correios também poderão fazer consulta sobre a análise pendente dos cadastros já realizados.

De acordo com as informações, só poderão fazer o cadastro pelos Correios aquelas pessoas que não conseguiram se cadastrar pelo site ou aplicativo da Caixa Econômica. Conforme levantamento da direção da empresa, são quase 14 milhões de trabalhadores autônomos de baixa renda, em todo o país, que não conseguiram fazer cadastro principalmente porque não têm acesso à internet ou o sinal em sua localidade é de péssima qualidade.

Aquelas pessoas que já fizeram o cadastro na Caixa ou pelo aplicativo de celular e ainda aguardam o resultado ainda sob análise, não poderão fazer novo cadastro nos Correios.

Correios não farão pagamento
Os Correios informam que não será obrigatório a pessoa já ter conta bancária ou abrir uma para poder receber o auxílio. A orientação é que, a partir do momento que a pessoa fizer o cadastro e tenha aprovação, é gerado um número, como se fosse uma senha (QR Code).

Com esse número/senha e o documento de identidade, o cadastrado vai a uma agência da Caixa, correspondente bancário ou lotéricas para fazer o saque do auxílio emergencial. Se já tiver conta bancária, o beneficiário poderá fazer opção para transferência direta.