Democrata volta às atividades em Santa Quitéria dois meses depois e com quase 200 funcionários

Democrata volta às atividades em Santa Quitéria dois meses depois e com quase 200 funcionários

Exatos dois meses após a paralisação das suas atividades e uma demissão em massa, a fábrica de calçados Democrata voltou a operar em Santa Quitéria, nesta segunda-feira (01). O setor de calçados e couro é um dos que integra a fase de transição do Plano Responsável de Abertura das Atividades Econômicas e Comportamentais, do Governo do Estado, podendo operar por enquanto com até 17,9% da sua capacidade.

Nesta retomada, foram readmitidos 170 colaboradores, mediante um protocolo rígido de segurança na saúde de seus funcionários, incluindo higienização na entrada, medição de temperatura e a realização de testes rápidos. Ao todo, são 270 pessoas que estão trabalhando no local e a expectativa é para que nos próximos meses, conforme reação do mercado nacional e internacional, a Democrata possa fazer novas contratações.

Quando na paralisação em 1º de abril, o diretor industrial Samuel Pimenta admitiu que a empresa possuía milhares de pares em estoque. A época, como maior empregadora de Santa Quitéria, eram 1.168 empregados.