Homem é preso após atear fogo em ônibus e gritar 'Fora Bolsonaro'

Homem é preso após atear fogo em ônibus e gritar 'Fora Bolsonaro'


Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira, 25, após atear fogo em um ônibus próximo ao Palácio do Planalto. Em nota, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que o homem teria espalhado gasolina dentro do veículo e, depois, iniciado o incêndio. O indivíduo, ainda não identificado, desceu do veículo e gritou “Fora Bolsonaro”, de acordo com as informações da PMDF.

Cerca de dez passageiros ocupavam o ônibus no momento da ação, mas ninguém ficou ferido. A Polícia Militar prendeu o homem e o encaminhou para 5ª Delegacia de Polícia para o registro da ocorrência e onde o caso será investigado. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal precisou ser acionado para conter o fogo.

Em vídeo publicado pela BandNews, o homem afirmou que há um “genocídio contra a juventude brasileira”. “Estou aqui pelo povo brasileiro, pela juventude brasileira. É a sétima juventude mais assassinada do mundo. Não tem uma política pública, isso é um protesto”, afirmou ao ser levado pelos seguranças.

No momento do incêndio, o presidente Jair Bolsonaro não estava no Planalto, mas na residência oficial, no Palácio da Alvorada.

Estadão Conteúdo