Secretaria da Educação vai apurar casos de assédio relatados por alunas de escolas cearenses

Secretaria da Educação vai apurar casos de assédio relatados por alunas de escolas cearenses


A Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) se manifestou, em nota, sobre as denúncias de assédio em instituições de ensino cearenses por meio das hashtags #ExposedFortal e #ExposedSobral, que viralizaram nas redes sociais e se tornaram uns dos assuntos mais comentados do país no Twitter nesta semana. Agora, de acordo com a pasta, “providências necessárias” serão adotadas para verificar os relatos.

Ainda segundo o comunicado, feito na manhã desta sexta-feira (26), a Seduc afirma ter tomado conhecimento das manifestações e deve, além de investigar dentro da legalidade, ficar à disposição para prestar informações solicitadas por órgãos envolvidos no caso.

Na última terça-feira (23), alunas cearenses denunciaram casos de assédio dentro do ambiente escolar, seja por meio de ações físicas de professores e coordenadores ou por mensagens trocadas em aplicativos.

“A Secretaria prestará assistência aos alunos e familiares e acrescenta a importância de manifestações por meio do canal da Ouvidoria”, diz o informe ao definir o espaço como meio de esclarecer de forma rápida as situações.

G1 CE