Alvo de 48 pedidos de impeachment, Bolsonaro diz que votos valerão até 2022

Alvo de 48 pedidos de impeachment, Bolsonaro diz que votos valerão até 2022


O presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores no Palácio da Alvorada neste domingo, 19, que os votos que o elegeram valerão até 2022. “A gente acredita em vocês, vocês estão aqui no coração, fazem movimentos democráticos para exatamente mostrar que o voto de vocês de 2018 vai valer até 2022”, disse. “Quer trocar? Troque nas urnas”.

Bolsonaro é alvo de 48 pedidos de impeachment protocolados na Câmara, à espera de uma decisão do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre pautar ou não algum dos requerimentos. O presidente está com covid-19 e permanece em sua residência oficial em Brasília. Ele caminhou até o espelho d’água para conversar com apoiadores que se aglomeraram do lado de fora do Palácio. Muitos deles sem máscaras.

Bolsonaro disse que acredita na conclusão do processo de criação de seu partido, o Aliança Pelo Brasil, para que possa concorrer à reeleição em 2022. "Estamos preparando pra 2022, vai sair o partido. Lógico que temos uma alternativa, se sair errado", declarou. “No momento, estou num bom relacionamento com o parlamento, mas a renovação é natural, até para o cargo de presidente”, disse.

Ele também voltou a criticar o projeto de lei sobre fake news, aprovado pelo Senado e atualmente na Câmara. “Pode ter certeza que não vamos perder nossa liberdade de expressão. Essa mídia livre foi o que elegeu o presidente, que com certeza vai se reeleger de novo”, disse ao comentar que acha que o PL não será aprovado pelos deputados. 

Estadão Conteúdo