Bolsonaro exalta renovação do Fundeb, critica PT e fala em vergonha do método “Paulo Freire”

Bolsonaro exalta renovação do Fundeb, critica PT e fala em vergonha do método “Paulo Freire”


O presidente Jair Bolsonaro exaltou a aprovação do novo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) em seu Facebook. Como de costume, o chefe do Executivo não poupou críticas ao PT e ainda parabenizou a relatora da PEC, deputada federal Professora Dorinha, e o líder do Governo na Câmara, major Victor Hugo.

“No dia de ontem a Câmara aprovou, em 2 turnos, o Fundeb. A contribuição federal passou de 10% para 23%. O nosso Governo e o Parlamento mostraram maturidade e responsabilidade”, destacou o presidente.

Chama atenção o fato de apoiadores de Bolsonaro terem votado contra o projeto. Na lista estão Bia Kicis (PSL-DF), Chris Tonietto (PSL-RJ), Filipe Barros (PSL-PR), Junio Amaral (PSL-MG) e Márcio Labre (PSL-RJ), além de Paulo Martins (PSC-PR).

Bolsonaro, na sequência, falou sobre o fracasso do método “Paulo Freire”.  “A esquerda, durante 14 anos de PT, sempre discursou a favor da Educação, mas de concreto apenas nos legou o último lugar na prova do Pisa. Uma monumental vergonha com o método Paulo Freire”, disparou.

“40 milhões de crianças serão beneficiadas já a partir de 2021. A Educação de qualidade é o caminho para o crescimento do Brasil”, finalizou.

Focus.jor