Catunda é um dos 10 municípios mais bem avaliados em qualidade do ensino fundamental, diz Banco Mundial

Catunda é um dos 10 municípios mais bem avaliados em qualidade do ensino fundamental, diz Banco Mundial


O Banco Mundial publicou um relatório técnico, nesta terça-feira (14), no qual aponta o município de Catunda como um dos dez municípios do Ceará que aparecem entre os 20 do Brasil com as melhores avaliações de qualidade da educação no ensino fundamental, considerando as duas etapas (1º a 5º ano e 6º ao 9º ano). Os números são do Índice de Desenvolvimento da Educação Bási​ca (Ideb) de 2017 e apresentam os maiores valores contabilizados desde a existência da ferramenta, em 2005.

O Ideb mede a qualidade dos diversos níveis da educação em todo o território nacional e é o resultado do cálculo entre a nota de proficiência dos estudantes em Português e Matemática, de acordo com a Prova Brasil; e o fluxo de alunos aprovados – se todos passarem de ano, neste caso, o resultado é um.

Em uma escala de zero a 10, Sobral aparece como o primeiro lugar do país, apresentando nota 9,1 no Ideb de 2017. Segundo o estudo, a cidade foi a única do território nacional a passar da nota 9. Entre os índices 8 e 9, estão as cidades de Deputado Irapuan Pinheiro, Milhã, Ararendá e Jijoca de Jericoacoara. Frecheirinha, Coreaú, Meruoca e Brejo Santo estão com taxas próximas a 8. Já Catunda atingiu índice 8,2, em 2017.

Na visão dos autores do estudo, o Ceará é um exemplo relevante para o Brasil no que diz respeito à superação de condições adversas com escassez de recursos, pois, tendo baixos índices de investimento e riqueza, ainda consegue obter resultados educacionais superiores, o que demonstra eficiência nos investimentos da área.