Homem se recusa a usar máscara e desacata fiscais no centro de Santa Quitéria

Homem se recusa a usar máscara e desacata fiscais no centro de Santa Quitéria


Coronavírus. Quando alguns quiterienses ouvem essa palavra, simplesmente caem na graça e chuta para o espaço, tudo o que incluir limites. Prestes a atingir mil diagnósticos positivos da doença, ainda há pessoas nas ruas de Santa Quitéria que se recusam a utilizar um item de proteção que é obrigatório: a máscara.

Na manhã desta quinta-feira (23), fiscais da Vigilância Sanitária foram desacatados por um ambulante que estava no Galpão dos Feirantes. Ao lhe abordarem, o homem ficou bastante alterado e se recusando a utilizar a máscara, enfrentou a fiscalização. Um princípio de confusão se formou e a Polícia chegou a ir no local, tendo apaziguado a situação. Minutos após a saída da composição, o homem voltou a tirá-la.



O uso obrigatório da máscara é regulamentado através de decretos estaduais e municipais.

Em tempo
São pessoas e pessoas. Os conscientes, que protegem a si e ao seu próximo e os que acreditam já terem encontrado a vacina e estarem na fase 10 da retomada. Em Santa Quitéria, se encontram largos exemplos de responsabilidade: o Coronafest foi a prova disso.