Marinho responde a Flávio Bolsonaro no Twitter: ‘Melhor não pagar de gostosão’

Marinho responde a Flávio Bolsonaro no Twitter: ‘Melhor não pagar de gostosão’


O empresário e suplente do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Paulo Marinho, trocou farpas com o congressista nesta quinta-feira (02) nas redes sociais.

O filho mais velho do presidente da República disse que Marinho faz “fofoca” em referência à acusação de que Flávio foi informado antecipadamente da operação Furna da Onça. A força-tarefa revelou a prática de  “rachadinhas” na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). 

O senador fez a seguinte publicação nas redes sociais: “Realmente, eu devo ser muito gostoso… ainda nem fui ouvido e o cara já pediu a quebra de sigilo do meu advogado… Isso devido a uma fofoca do meu suplente de senador Paulo Marinho, também conhecido como tiazinha do pulôver, de que eu teria recebido uma informação sigilosa. Um vazamento já negado, inclusive, pelo desembargador do TRF-2 responsável pelo caso. Já o celular do advogado do Adelio, NADA!!!!”. 

O empresário fez uma sequência de postagens no Twitter para rebater a afirmação de Flávio. Em uma delas, disse: “Melhor não pagar de ‘gostosão’ com os investigadores do MPF [sic] pq eu e vc sabemos o que vc fez no verão de 2018…”. 



Marinho continua: “Você sabe que as informações que essa quebra de sigilo revelará sobre a localização dos seus assessores durante o 2º turno das eleições de ‘18, vai mostrar com clareza a veracidade do que você me relatou quando veio chorando à minha casa pedir ajuda”.

Poder 360