Ministério Público denuncia comerciante que furou bloqueio da PRF e atropelou duas mulheres em Sobral

Ministério Público denuncia comerciante que furou bloqueio da PRF e atropelou duas mulheres em Sobral


O Ministério Público do Ceará (MPCE) apresentou à Justiça denúncia contra o comerciante Éder Mourão Sá por dupla tentativa de homicídio e prática de crimes de trânsito. Em fuga após furar bloqueio policial, ele bateu em uma viatura da Polícia Rodoviária Federal, em mais três carros e na sequência atropelou duas irmãs que seguiam em uma moto.

O caso foi no dia 16 de janeiro deste ano, por volta das 18 horas. Éder Sá dirigia uma camionete Toyota Hilux SW4. De acordo com a denúncia oferecida à Justiça pelo MPCE, o condutor “assumiu o risco de produzir um grave acidente e, teria consciência plena do resultado possível, e deliberadamente, atropelou duas irmãs que seguiam em uma motocicleta”.

A denúncia foi apresentada pelo promotor de Justiça José Borges de Morais Júnior, que observou que “o denunciado continuou seu curso arrastando a motocicleta das vítimas por mais 200 metros, evadindo-se do cenário do crime sem prestar qualquer socorro”.

Para a promotoria de Justiça, fica evidente que Éder sabia o que poderia causar e assumiu o risco. O promotor pediu a condenação do denunciado e pagamento mínimo de R$ 10 mil para reparação dos danos causados pela infração a cada uma das vítimas.

Ana Paula Martins Pernambuco, 36 anos, estava na garupa da motocicleta, sofreu perfuração de pulmão e após passar por cirurgias, ficou com sequelas. Sandra Maria Martins Pernambuco, 42 anos, sofreu ferimentos mais leves, no pescoço e na coluna.