Queimadas irregulares aumentam durante a quarentena em Santa Quitéria

Queimadas irregulares aumentam durante a quarentena em Santa Quitéria


Não basta o temor vivenciado com a pandemia do coronavírus, os quiterienses estão tendo que lidar nos últimos dias com uma situação embaraçosa: as queimadas. Praticados por pessoas conscientes e ao mesmo tempo, dotadas da ignorância e da falta de bom senso, que põem fogo em terrenos baldios para eliminar o mato e o lixo, colocando vidas e imóveis em risco.

Geralmente, as queimadas têm início quando um proprietário de terreno ou um terceiro decide “limpar” o local com a utilização do fogo, queimando lixo e vegetação seca. O incômodo gerado a vizinhança vai desde as casas que ficam impregnadas de fumaça, até o aumento de doenças respiratórias alérgicas como bronquite e rinite.

O tempo seco favorece a propagação do fogo e a fuligem das queimadas piora ainda mais a qualidade do ar, aumentando os índices de complicações de doenças respiratórias. A nuvem de fumaça pode ser perceptível quase que diariamente em vários pontos de Santa Quitéria, conforme inúmeros relatos feitos ao A Voz de Santa Quitéria e também publicados nas redes sociais.

Causar poluição que possa resultar em danos à saúde humana é crime previsto no artigo 34 da Lei de Crimes Ambientais. A pena é de um a quatro anos de reclusão, mais multa.

Quando seu querido vizinho estiver pondo fogo no terreno ao lado, não hesite em filmar ele e chamar a Polícia. Defender a sua saúde e a do seu próximo é um dever de responsabilidade.