190 mil pequenas empresas no Ceará podem solicitar crédito ao Estímulo 2020

190 mil pequenas empresas no Ceará podem solicitar crédito ao Estímulo 2020


Mais uma opção de acesso a crédito voltado para pequenas e médias empresas durante a pandemia chega ao Ceará. Atendendo negócios com faturamento anual entre R$ 120 mil e R$ 2 milhões, 190 mil empresas no Estado estão aptas a solicitar financiamento ao Estímulo 2020.

Em um primeiro momento, estão disponíveis R$ 5 milhões, que devem beneficiar 162 negócios e ajudando a manter 366 empregos. Segundo Ticiana Rolim, fundadora do Somos Um, líder da iniciativa no Estado, a meta é dobrar o valor e chegar aos R$ 10 milhões em crédito e 244 empresas atendidas. Ela destacou que, antes mesmo do lançamento no Ceará, já havia R$ 21 milhões em pedidos de crédito de 152 negócios cearenses. Entre as atividades, comércio e serviços somam 119 pedidos de financiamento.

"Nós sabemos que o Governo Federal tem linhas de crédito, que o Banco do Nordeste (BNB) também tem, assim como outros, mas ainda não é suficiente. Nós não vamos resolver todos os problemas, mas queremos dar oportunidade para as pessoas terem acesso a crédito", afirmou Ticiana durante coletiva virtual de lançamento na tarde de ontem (25).

Para se candidatar ao crédito, as empresas precisam ter faturamento anual entre R$ 120 mil e R$ 2 milhões e ter bons históricos. O capital de giro tomado é limitado a até um mês de faturamento pré-crise, pago em duas parcelas: uma na aprovação e outra após 60 dias, mediante solicitação e aprovação em nova análise de crédito. A taxa de juros é de 6,5%, carência de três meses e pagamento em 18 vezes.

Ele acrescenta que, caso o crédito seja negado, o empreendedor recebe um relatório detalhado com os motivos para o resultado negativo. Caso ele consiga sanar alguns dos empecilhos, poderá solicitar o crédito novamente em uma semana.

Diário do Nordeste