Após ser suspenso, André Fernandes passa a dar expediente na calçada da Assembleia

Após ser suspenso, André Fernandes passa a dar expediente na calçada da Assembleia


O deputado estadual suspenso André Fernandes, que teve as atividades pausadas oficialmente por 30 dias, passou a dar expediente, nesta segunda-feira (24), na calçada da Assembleia.

“Estão me impedindo de trabalhar na Assembleia, então eu trabalho aqui fora! Traga sua demanda, projeto ou denúncia”, escreveu no Facebok.

A suspensão do mandato de Fernandes, no entanto, não impede que o deputado entre nas dependências da Casa, incluindo seu gabinete, desde que sejam respeitados os protocolos sanitários estabelecidos. De acordo com nota divulgada pela ALCE, a punição do Conselho de Ética do órgão implica em perda proporcional de salário e da verba de desempenho parlamentar (VDP), além de prerrogativas do exercício parlamentar, como o voto em sessões.

Fernandes foi punido por ter dito que recebia denúncias de que deputados teriam relação com facções criminosas, mas não apresentou provas. Em representação que o Ministério Público divulgou, ele apontava o parlamentar como Nezinho Farias (PDT). Depois da denúncia, André Fernandes chegou a se desculpar com o pedetista.