Aprovação de Camilo Santana na pandemia é de 79%; Bolsonaro tem 38%

Aprovação de Camilo Santana na pandemia é de 79%; Bolsonaro tem 38%


Pesquisa de opinião realizada pelo Instituto Opnus e contratada pelo Sistema Verdes Mares mostra a avaliação da atuação dos governantes, nos dois níveis de poder, durante a pandemia do novo coronavírus. As medidas adotadas pelo governador Camilo Santana têm a aprovação de 79% da população cearense. Já a avaliação da atuação do presidente Jair Bolsonaro revela a aprovação de 38% dos entrevistados no levantamento.

A pesquisa foi realizada por meio de ligações telefônicas entre os dias 23 e 26 de julho. O Instituto Opnus entrevistou 1.408 pessoas em todas as regiões do Ceará.

Apesar de ainda ter um índice de desaprovação (53%) superior ao de aprovação (38%), Bolsonaro tem apresentado tendência de melhora na popularidade em relação à atuação na pandemia.

Embora o presidente tenha uma linha de discurso bem contrária a da maioria dos gestores, até no âmbito internacional, durante a pandemia foi aprovada uma medida que teve um impacto muito forte: o auxílio emergencial. Foi um recurso injetado diretamente no bolso das famílias. Então, melhorou a imagem dele.

Diário do Nordeste