Ceará é segundo destino mais visitado do Nordeste, aponta IBGE

Ceará é segundo destino mais visitado do Nordeste, aponta IBGE


O Ceará foi o segundo destino do Nordeste mais procurado em viagens nacionais, de acordo com dados coletados entre maio e julho de 2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na Região, apenas os baianos receberam mais viajantes que os cearenses. O número de viagens que chegaram ao Estado corresponde a pouco mais 4% do total de deslocamentos realizados em todo o País.

O Nordeste se destaca ainda no cenário nacional, como a segunda região que mais recebeu viagens no Brasil. O IBGE verificou que a dinâmica de viagens acontece em parte significativa dos casos de forma intra-regional e até mesmo dentro de cada Estado — nesse caso com número de viagens superior a 50% em todas as federações. Em número de viajantes totais, o Ceará foi o oitavo estado do País com maior número de viajantes, com 4,3% do total.

Nacionalmente, os motivos para não viajar variaram entre dois principais: falta de dinheiro e falta de tempo, que mudam de acordo com o nível financeiro dos domicílios pesquisados. Dentre aqueles com rendimentos abaixo de 2 salários mínimos, a principal causa de não viagem foi a falta de dinheiro. Já entre os domicílios cujo rendimento foi de 2 ou mais salários mínimos, o motivo que predominou foi a falta de tempo.

Aproximadamente oito a cada 10 domicílios brasileiros não realizaram nenhuma viagem no período avaliado pela pesquisa. Entre eles, apenas 20% deixaram de visitar outro lugar porque não tinham interesse ou necessidade. Para os viajantes, momentos de lazer ficaram mais restritos para grupos com maior faixa de renda. As famílias com renda per capita menor que meio salário mínimo tiveram 10% das viagens com essa finalidade, enquanto no grupo com quatro salários mínimos ou mais essa porcentagem sobe para 55%.

O Povo Online