Ceará tem média de 200 ocorrências por descumprimento ao decreto de isolamento por dia

Ceará tem média de 200 ocorrências por descumprimento ao decreto de isolamento por dia


Uma das medidas de combate ao novo coronavírus no Ceará é a fiscalização e monitoramento por parte dos agentes de segurança na tentativa de dispersar aglomerações. Dados da Secretaria da Segurança Pública apontam que o estado registra, em média, 200 ocorrências por dia por descumprimento do decreto estadual de isolamento social.

Além de proibir aglomerações, o decreto estadual determina o uso obrigatório de máscaras em espaços públicos e um protocolo de segurança sanitária no comércio, como o fornecimento de álcool em gel.

A operação de fiscalização é uma ação conjunta entre a Polícia Militar, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), a Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde e órgãos municipais para identificar irregularidades.

Conforme a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), entre os dias 20 de março e 31 de julho, 28.577 ocorrências foram atendidas em todo o Ceará. Desse número,

  • 18.226 correspondem a aglomerações de pessoas;
  • 9.856 a comércios abertos;
  • e 495 chamados por descumprimento de proteção individual.

Desde então, 848 pessoas foram conduzidas a delegacias de Polícia Civil por descumprimento do artigo 268, crime previsto no Código Penal Brasileiro. “Por infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”, aponta a pasta.

G1 CE