Ceará tem saldo positivo na geração de emprego em julho, após 4 meses de queda

Ceará tem saldo positivo na geração de emprego em julho, após 4 meses de queda


O Ceará gerou 5,7 mil empregos formais a mais do que o número de demissões em julho, conforme dados divulgados nesta sexta-feira (21) pelo Ministério da Economia. Nos quatro meses anteriores, de março a junho, o estado teve queda.

A redução nos meses anteriores foi puxada para baixo pela pandemia de Covid-19, que afeta o Brasil desde março. No Ceará, as atividades não essenciais foram suspensas quando os primeiros casos da doença foram confirmados e foram retomadas progressivamente há três meses.

O número foi positivo também no Brasil, que teve um saldo líquido de 131.010 vagas abertas.

Considerado o acumulado do ano, o Ceará tem um ano negativo até julho, com 37,4 mil vagas perdidas. No mês passado, foram contratados 1.043.650 trabalhadores formais, e demitidas 912.640 pessoas em todo o país.

G1 CE