Deputados votam pela suspensão de André Fernandes por 30 dias

Deputados votam pela suspensão de André Fernandes por 30 dias


A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (20), a suspensão por 30 dias do mandato do deputado estadual André Fernandes (Republicanos) por quebra de decoro parlamentar, após ele acusar, sem provas, o colega Nezinho Farias (PDT) de integrar facção criminosa. A votação se encerrou com 29 votos pela suspensão e 11 pela não suspensão. Foram três abstenções.

O processo foi aberto em julho de 2019, no Conselho de Ética, quando Fernandes fez a denúncia, e estava pronto para ser votado no plenário desde março deste ano. No entanto, a votação final acabou sendo adiada por causa da pandemia da Covid-19. 

Fernandes voltou a dizer no discurso que não fez acusações contra Nezinho Farias e apenas encaminhou a denúncia ao Ministério Público do Estado, que acabou arquivando o processo no ano passado. 

Nezinho Farias, alvo da denúncia, votou a favor da suspensão. Ele nega as acusações do deputado do PSL e acredita que a punição sugerida poderia ser maior.

Diário do Nordeste