Drive-thru do INSS: veja as regras para entregar documentos em agências

Drive-thru do INSS: veja as regras para entregar documentos em agências


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou nesta segunda-feira (10/8) as orientações para que os segurados entreguem documentos para concluir a análise dos pedidos de benefícios. A chamada Exigência Expressa, que ficou conhecida como Drive-thru do INSS, será adotada em todo o país, segundo a autarquia federal.

A entrega de documentos consiste na disponibilização de urnas na entrada das agências para que o interessado deposite cópia simples dos documentos solicitados pelo INSS, na unidade mais próxima.

A ideia é, segundo o INSS, agilizar a conclusão dos processos que dependem da apresentação de algum documento faltante. Hoje, a Exigência Expressa se encontra disponível em 803 cidades brasileiras.

Para assegurar a entrega dos documentos é preciso realizar agendamento pelo telefone 135 ou Meu INSS. Tenha em mãos o número de protocolo do benefício em análise, nome e CPF da pessoa que vai depositar o envelope na urna.

Ao agendar o serviço de Exigência Expressa, o usuário será orientado a observar os seguintes procedimentos para a entrega dos documentos:

  • preencher o formulário de “Autodeclaração de Autenticidade e Veracidade das Informações”;
  • incluir os documentos solicitados pelo INSS e o formulário de “Autodeclaração de autenticidade e Veracidade das Informações” em envelope;
  • o envelope deverá ser lacrado e identificado pelo lado de fora com nome completo, CPF, endereço, telefone, e-mail e número do protocolo do agendamento.

A caixa coletora fica disponível de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. A utilização da Exigência Expressa não se aplica, contudo, aos pedidos de antecipação do auxílio-doença. Nesse caso, os documentos só podem ser anexados pelo Meu INSS.

Metrópoles