Ceará autoriza retorno de idosos ao trabalho desde que comprovem imunidade à Covid-19

Ceará autoriza retorno de idosos ao trabalho desde que comprovem imunidade à Covid-19


Motivo de preocupação pelas autoridades desde o início da pandemia de Covid-19 por corresponderem a um dos grupos de risco, as pessoas com mais de 60 anos já podem retornar ao trabalho no Ceará. No entanto, segundo determina o decreto do Governo do Estado, é preciso que elas comprovem imunidade ao novo coronavírus.

O decreto refere-se a trabalhadores acima de 60 (sessenta) anos ou com fatores de risco da Covid-19 que tenham comprovação de imunidade ou de adoecimento há mais de 30 (trinta) dias. 

A prova pode ser feita por exames de detecção de anticorpos e atestado médico que comprove a saúde da pessoas neste tempo. Caso não se enquadre nessas condições, o idoso continua proibido de voltar ao trabalho.

Isolamento restritivo
O documento publicado na noite deste domingo (9), indica que "segue sendo aplicável somente aquelas que forem portadoras de cardiopatia grave, diabetes insulino dependente, de insuficiência renal crônica, asma grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, obesidade mórbida, doenças neoplasias malignas, imunodeprimidas e em uso de medicações imunodepressores ou outras enfermidades que justifiquem, segundo avaliação e atestado médico, o isolamento mais restritivo".

Diário do Nordeste