'Kit' de testes defeituoso dá milhares de falsos positivos na Suécia

'Kit' de testes defeituoso dá milhares de falsos positivos na Suécia


Um 'kit' de testes de covid-19 defeituoso deu 3.700 resultados positivos falsos, indicou hoje a agência de saúde pública sueca, erro descoberto por dois laboratórios no decurso de controles de qualidade sistemáticos. A Folkhalsomyndgheten, a agência sanitária da Suécia, afirmou que os 'kits' foram fabricados na China pela empresa BGI Genomics e que foram distribuídos por todo o mundo.

Num comunicado, a agência sueca informa que os testes defeituosos foram utilizados por pessoas que efetuaram os exames em casa entre março e agosto.

"São principalmente pessoas que tiveram sintomas ligeiros ou que não os sentiram no momento do teste e que receberam resultados positivos", diz o documento.

As pessoas que realizaram o exame vão agora ser contactadas ao longo da semana, e o número de casos de convid-19 deve ser agora ajustado", acrescenta a nota.

"O 'kit' de testes com defeito foi assinalado pela Agência de Produtos Médicos sueca. [A empresa BGI Genomics] exportou-a da China para muitos países no mundo. A agência de saúde pública [sueca] já informou as autoridades competentes na Europa e na Organização Mundial de Saúde (OMS)", diz o comunicado.