Monitor informa que quase 80% do Ceará está sem áreas secas

Monitor informa que quase 80% do Ceará está sem áreas secas


Apresentando um cenário melhor do que em 2019, a última atualização do Monitor de Secas aponta que 79,1% do território cearense permanece sem seca. O mapa atual ainda aponta "seca fraca", na região que vai desde o Vale do Jaguaribe até o Sertão Central. 

Em comparação ao mês de julho do ano passado, o cenário foi modificado positivamente. Na época, 61% do Estado apresentava algum nível de estiagem, sendo 25% seca moderada e 36% considerada fraca, atingindo as regiões Sul, Centro-Sul, Sertão-Central, Inhamuns e o Vale do Jaguaribe. Em áreas sem seca, há um ano, apresentavam cerca de 39% e hoje já estão com 79,1%. 


ÍNDICES
O Monitor de Secas é coordenado pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), com o apoio da Fundação Cearense de Meteorologia e Recusos Hídricos (Funceme), e desenvolvido conjuntamente com diversas instituições estaduais e federais ligadas às áreas de clima e recursos hídricos. No Ceará, a Funceme e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) são os órgãos que atuam neste sistema.

O Monitor faz o acompanhamento continuo do grau de severidade das secas, em 15 estados do Brasil e no Distrito Federal, além de calcular os impactos da seca causados em curto e/ou longo prazo. 

Diário do Nordeste