Neto é preso suspeito de bater em avó após a mulher se recusar a fazer cuscuz

Neto é preso suspeito de bater em avó após a mulher se recusar a fazer cuscuz


A Polícia Militar prendeu na cidade de Barro, no interior do Ceará, um homem suspeito de agredir a avó de 85 anos com um fio de celular após a idosa ter se recusado a preparar um cuscuz, prato típico feito com farinha de milho, para ele se alimentar. O caso aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (5).

De acordo com a PM, Francisco Márcio Feitosa de Lima, de 33 anos, deu golpes nas costas da idosa - que tem saúde debilitada - com um cabo de celular, após ficar enfurecido com a recusa da avó. A vítima ficou com várias marcas da lesão.

Os agentes foram até a residência, no bairro Jardim Raimundo Inácio, após receberem denúncias. No local, encontraram a idosa bastante nervosa. Ao questionarem sobre o ocorrido, a mulher relatou a ação do neto.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Francisco Márcio foi conduzido para a Delegacia Municipal de Aurora, após ser localizado dentro da casa. Na unidade policial, o neto foi autuado por lesão corporal no contexto de violência doméstica e familiar. A idosa passou por exames na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e a Polícia Civil segue investigando o caso.

Diário do Nordeste