Obras de recuperação em tubulação da barragem de Jati são concluídas

Obras de recuperação em tubulação da barragem de Jati são concluídas


Depois de grandes dias de medo e tensão, a recuperação do talude da barragem de Jati, foi concluída. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (31), pelo ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho, através de suas redes sociais. 

O reservatório, que faz parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf), sofreu um dano na sua estrutura após a ruptura de um conduto, no dia 21 de agosto, deixando inúmeras famílias desabrigadas.

A obra de recuperação durou dez dias. Ao todo, foram aproximadamente 100 máquinas e cerca de 200 trabalhadores, que se revezam em três turnos para cumprir o prazo um dia antes do previsto.  A retomada do transporte das águas pelo Eixo Norte segue sem previsão, enquanto os testes para o Cinturão das Águas do Ceará não foram afetados.  

Rompimento do duto 
Nesta terça-feira (01), iniciará a perícia para apurar o que causou o rompimento do duto. O relatório com o resultado deverá ficar pronto em até 21 dias. A construção da barragem foi concluída em 2018, entregue pelo grupo Serveng.  

O incidente causou a remoção de duas mil pessoas de áreas sob risco o reservatório, que retornaram após 72 horas do rompimento do conduto. A situação causou tumulto e, no dia seguinte ao episódio, uma comitiva com o próprio ministro Rogério Marinho, o secretário Nacional da Defesa Civil, o coronel Alexandre Lucas Alves, e o governador Camilo Santana visitou a cidade. 

Diário do Nordeste